Página inicial do Secretaria do Estado de Educação

Escolas da USE 5 recebem certificado pelo bom desempenho no Ideb 2019

09/10/2020 12h33 - Autor: Colaboração: Lucas Rocha (Ascom/Seduc) 1637 visualizações
Foto: Escolas da USE 5 recebem certificado pelo bom desempenho no Ideb 2019
Escolas da USE 5 recebem certificado pelo bom desempenho no Ideb 2019

Diretores, professores e toda a equipe técnica das escolas estaduais da 5ª Unidade Seduc na Escola (USE) foram homenageados, na última quarta-feira (07), pelo bom desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) 2019. Na ocasião, foi lançado o projeto para o IDEB 2021.

O desempenho das escolas é resultado do plano estratégico que a USE criou. No projeto foram criados metas, como acompanhamento, monitoramento dos alunos, Busca ativa, folha de infrequência e formação para os professores. As notas representam o incansável empenho dos professores e gestores em manter os alunos nas escolas o que resultou na eficácia do trabalho exercido nas comunidades escolares que são fundamentais para o processo de aprendizagem.


“Esse evento é o reconhecimento do trabalho de todos da USE em 2019. Essas notas marcam uma nova diretriz da educação paraense, que levam à uma educação de qualidade, refletido nas notas do IDEB”, ressaltou o gestor Jones Nogueira.

 A  Escola de Ensino Fundamental Prof Virgilio Libonati, no bairro da terra firme, em Belém, obteve a nota 6.1 para os alunos dos anos iniciais do fundamental, e 5.0 para os anos finais do fundamental. A unidade de ensino ficou em primeiro lugar entre todas as escolas da USE 5. “A escola tem uma comunidade escolar atuante e os professores trabalham com os alunos diariamanente para fazer esse reforço nas atividades”, explicou a diretora da escola, Maria Auxiliadora Viana.



As 11 escolas estaduais da 5ª Unidade Seduc na Escola (USE) totalizam mais de 7 mil alunos. As escolas responsáveis por esse bom desempenho são: Escola Fonte Viva, Profº Virgilio Libonati, Mateus do Carmo, Moradores da Terra Firme e escola Domingos Acatauassu.